Exército destrói armas em fundição a 1.600°C

Cerca de duas mil armas entregues em São Paulo serão destruídas nesta quinta-feira em uma fundição de Osasco, na região metropolitana da capital. Segundo a Polícia Federal, esse primeiro lote recebido durante a campanha do desarmamento deverá ser derretido em um forno, a 1.600ºC. Já foram arrecadadas cerca de 55 mil desde o início da campanha, em todo o País.

Agencia Estado,

19 de agosto de 2004 | 12h56

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.