Márcio Fernandes/Estadão
Márcio Fernandes/Estadão

Exército envia helicópteros para ajudar nas buscas em Mariana

Aeronaves foram solicitadas pelo governo de Minas Gerais; Ministério também ajuda nas buscas e resgates de vítimas

Igor Gadelha , Brasília

08 Novembro 2015 | 12h37

O Exército brasileiro enviou, neste domingo, dois helicópteros para ajudar nas buscas e resgates de desaparecidos da tragédia na cidade de Mariana (MG), na última quinta-feira. De acordo com a assessoria do Ministério da Defesa, as aeronaves foram solicitadas pelo governo de Minas Gerais e já estão a caminho da região. 

Além dos helicópteros, o ministério ressalta que o Exército está ajudando de outras formas. Desde o rompimento da barragem, militares e viaturas do Comando Militar do Leste (que abrange MG, RJ e ES) e do Comando da 4ª Região Militar de Belo Horizonte estão na região ajudando nas buscas e resgates de vítimas.

Além disso, há homens do setor de engenharia do Exército. Segundo o Ministério da Defesa, eles foram designados para fazer o reconhecimento das áreas atingidas e identificar eventual necessidade de instalar pontes improvisadas. Até o momento, contudo, não foi preciso construir nenhuma ponte. 

As buscas por desaparecidos foram retomadas na manhã deste domingo. A lista mais atualizada aponta um total de 28 desaparecidos, entre funcionários da mineradora e moradores da cidade. Entre os procurados, há cinco crianças, entre eles um bebê de três meses, segundo a Prefeitura de Mariana. 

Mais conteúdo sobre:
MarianaSamarco

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.