Fabio Motta/Estadão
Fabio Motta/Estadão

Exército permanecerá em planejamento, fora das ruas do Rio, até que intervenção seja aprovada

Em seguida, as medidas previamente estudadas serão adaptadas ao decreto aprovado no Congresso

Fernanda Nunes, O Estado de S.Paulo

18 Fevereiro 2018 | 12h36

RIO – O exército não será visto nas ruas do Rio até que o decreto da intervenção federal na Segurança Público no Estado do Rio seja votado na Câmara e no Senado, o que é esperado que aconteça até a próxima terça-feira, segundo o Comando Militar do Leste (CML). O coronel Carlos Frederico Cinelli, responsável pela comunicação do CML, informou que, até lá, os militares aguardam os detalhes de como a intervenção acontecerá e que seguem em fase de planejamento interno.

O momento é de análise e acompanhamento de cenário, de acordo com o militar. Em seguida, as medidas previamente estudadas serão adaptadas ao decreto aprovado no Congresso. Cinelli afirma que o exército está permanentemente em estado de planejamento e que nenhuma atividade diferente da rotineiramente adotada foi pensada até agora.

Por enquanto, o esperado é que a intervenção contará com o efetivo já presente no Rio. Mas, dependendo do modelo de intervenção aprovado, militares de outros Estados poderão ser convocados.

Na manhã deste domingo, 18, de 8h às 9h, as forças armadas participaram de um evento que acontece simultaneamente em 36 países – a Corrida pela Paz, em comemoração ao Dia Mundial do Desporto Militar.  Participantes da corrida foram vistos em dois pontos da cidade – em Copacabana, na zona sul, e em Deodoro, na zona norte – e no município de Niterói, na região metropolitana.

“A presença desses militares pode ter chamado a atenção dos moradores e dado a impressão de que a intervenção já começou. Mas o evento já estava programado e não tem nada a ver com a intervenção”, disse Cinelli.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.