LUCAS LACAZ RUIZ
LUCAS LACAZ RUIZ

Exigência de extintor ABC é adiada para julho

Resolução anterior havia provocado uma corrida às lojas e muitos motoristas relataram ter dificuldades para encontrar o produto

O Estado de S. Paulo

25 Março 2015 | 19h40

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) voltou a adiar a entrada em vigor da exigência de extintores veiculares ABC nos carros de todo o País. Dessa forma, a cobrança passará a vigorar apenas em 1.° de julho.

Uma resolução anterior do órgão havia tornado obrigatório o uso desse tipo de extintor desde 1.º de janeiro deste ano. A exigência provocou uma corrida às lojas e muitos motoristas relataram ter dificuldades para encontrar o produto. Dessa forma, a cobrança foi postergada para 1.º de abril.

Para novo atraso no cronograma foi alegado o mesmo motivo: falta do equipamento à venda no mercado. A solicitação foi feita diretamente ao Contran pelo ministro das Cidades, Gilberto Kassab.

Diferença. O extintor ABC apaga incêndios em materiais sólidos. Hoje, grande parte dos veículos ainda tem apenas o extintor de pó, modelo BC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.