Divulgação/Corpo de Bombeiros Militar do Ceará
Divulgação/Corpo de Bombeiros Militar do Ceará

Explosão destrói fábrica de refrigerantes e deixa ferido em Fortaleza

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a hipótese inicial é de que o cilindro de gás de uma caldeira tenha explodido, desencadeando a explosão de transformadores que abasteciam a fábrica

José Maria Tomazela e Lôrrane Mendonça, especial para, O Estado de S.Paulo

17 de julho de 2020 | 08h41
Atualizado 17 de julho de 2020 | 12h14

Uma forte explosão em uma fábrica de refrigerantes destruiu o prédio, atingiu carros e imóveis vizinhos e causou pânico em moradores do bairro Montese, na madrugada desta sexta-feira, 17, em Fortaleza, no Ceará. Ao menos uma pessoa ficou ferida. De acordo com o Corpo de Bombeiros, a hipótese inicial é de que o cilindro de gás de uma caldeira tenha explodido, desencadeando a explosão de transformadores que abasteciam a fábrica com energia.

A explosão aconteceu por volta das 2h30, quando havia poucos funcionários na fábrica. Moradores do bairro foram despertados com o estrondo e se assustaram. Escombros do prédio foram lançados à distância e atingiram casas e imóveis vizinhos. Ao menos dois carros e um caminhão baú ficaram danificados. A área foi isolada pelos bombeiros, com apoio da Defesa Civil, que foi acionada para fazer vistoria da empresa e das residências do entorno.

"Foi um acidente de grandes proporções, a queda do cilindro teve uma projeção de mais de um quarteirão. Mas, para chegar a um diagnóstico preciso, teremos que aguardar o relatório da perícia", afirmou Coronel Barreto, do Corpo de Bombeiros.

Além de um funcionário, que teve ferimentos na cabeça e nas costas, uma moradora do local foi levada ao hospital, por causa do susto. Ele foi levado para o Instituto Dr. José Frota, mas o estado de saúde não foi informado.

Moradores vizinhos ao local relataram terem sentido cheiro de gás após a explosão. Equipes especializadas da Polícia Civil realizavam no início da manhã desta sexta a perícia na fábrica. O Estadão entrou em contato com a Mais Sabor Refrigerantes, mas ainda não teve retorno.

A explosão causou falta de energia na região. Em nota, a Enel informou "que o impacto da explosão arremessou alguns objetos, que atingiram a rede, causando falha no fornecimento de energia em algumas ruas no bairro Montese, nas proximidades da fábrica. A distribuidora esclarece também que equipes técnicas já estão trabalhando no local para normalizar o fornecimento de energia o quanto antes."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.