Explosão em canteiro de obras da transposição do São Francisco mata 3

Dez pessoas ficaram feridas, três delas em estado grave; motivo da explosão é desconhecido

Angela Lacerda, de O Estado de S. Paulo,

21 de dezembro de 2010 | 21h33

Atualizado às 23h37

 

RECIFE - Uma explosão no início da noite desta terça-feira, 21, no lote 12 do canteiro de obras da transposição do Rio São Francisco, no município de Sertânia, a 316 quilômetros do Recife, provocou a morte de três trabalhadores. Outros dez ficaram feridos, três deles em estado grave.

 

De acordo com o delegado de plantão da área, Édson Augusto Lins de Andrade, até às 23 horas os corpos ainda não haviam sido removidos do local, aguardando a chegada de peritos do Instituto de Criminalística. "Somente depois da perícia, os corpos serão removidos para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru", afirmou ele. Inquérito policial será instaurado para investigar de que forma ocorreu a explosão, o tipo de explosivo usado e se houve algum tipo de negligência.

 

Lins de Andrade preferiu não especular sobre o que teria motivado o acidente. Cauteloso, disse que qualquer informação seria "precipitada antes do laudo pericial".

 

A área foi isolada por bombeiros e policiais civis. Os feridos foram socorridos para o Hospital de Sertânia. Em estado grave, três deles foram removidos para o hospital de Arcoverde, na região.

 

O canteiro de obras integra o Eixo leste da transposição, - uma das principais obras do governo federal - que terá 220 quilômetros de canais que irão captar água do rio em Itaparica (BA) para abastecer o agreste de Pernambuco e Paraíba. O Eixo Norte terá 400 quilômetros e vai captar água em Cabrobó (PE) para abastecer o sertão de Pernambuco, Paraíba, Ceará e Rio Grande do Norte. A previsão é de que na sua totalidade, quando concluída, a obra irá beneficiar 12 milhões de pessoas nos quatro Estados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.