Explosão fere quatro pessoas na Bayer de Belford Roxo

Uma explosão causada pelo superaquecimento de um reator causou ferimento em quatro pessoas, no final da noite de segunda-feira no interior no complexo industrial da Bayer S/A. A fábrica fica na altura Estrada Boa Esperança, em Belford Roxo, município da Baixada Fluminense.Antes da explosão, funcionários da empresa e homens da brigada de incêndio do Corpo de Bombeiros ainda tentaram resfriar o reator, mas não conseguiram evitar o acidente. Três das vítimas, com queimaduras, foram levadas para a Clínica São Vicente, na Gávea, zona Sul da capital. Um bombeiro da brigada, com fratura exposta em uma das pernas, foi levado para o Hospital Mário Leoni, em Duque de Caxias, também na Baixada.A explosão gerou um incêndio e fez com que fossem acionados bombeiros de Nilópolis e de Nova Iguaçu. O temor dos funcionários era de que o calor do incêndio superaquecesse os demais reatores. Moradores de algumas casas vizinhas à empresa sentiram um pequeno tremor em seus imóveis no momento da explosão. O forte cheiro chegou a bairros como Realengo, Campo Grande e Magalhães Bastos. O material não é tóxico, segundo os funcionários da Bayer.No complexo industrial da Bayer em Belford Roxo, uma área de cerca de 2 milhões de metros quadrados, encontram-se instaladas fábricas para a produção de defensivos agrícolas, produtos veterinários e poliuretânicos, além de uma subestação elétrica e de uma central de energias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.