Explosão na Rua 25 de Março deixa cinco feridos

Cinco pessoas ficaram feridas após uma explosão ocorrida num prédio comercial na Rua 25 de Março, 990, na região central de São Paulo. De acordo com informações do Centro de Operações do Corpo de Bombeiros (Cobom), duas pessoas foram atendidas no local e liberadas em seguida. Segundo a Guarda Civil Metropolitana, outros três feridos foram levados para a Santa Casa por guardas da corporação e, há informação de que o estado deles é grave. Inicialmente foi informado que um incêndio numa loja de fogos de artíficios teria provocado a explosão, mas as causas ainda são desconhecidas. Também há a suspeita de que o fogo pode ter sido provocado pelo vazamento em um botijão de gás. A última notícia divulgada pelo Corpo de Bombeiros e confirmada por uma das vítimas é de que houve uma tentativa de assalto no depósito, seguida de uma reação. O assaltante disparou e o tiro teria provocado toda a explosão porque no local havia fogos de artíficio e produtos cosméticos. A arma encontrada no segundo andar deste prédio já foi apreendida. A polícia ainda não sabe dizer se um dos feridos é o assaltante. Danilo Romeu dos Santos teve queimadura leves, contusões e não corre risco. O mesmo acontece com Tiago Gonçalves. A situação mais grave é de João Francisco Silva que está internado numa unidade de traumatologia. O Corpo de Bombeiros foi acionado às 16h11 e enviou nove carros para o local. As chamas já foram controladas e bombeiros trabalham na operação rescaldo.

Agencia Estado,

02 de junho de 2004 | 17h49

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.