Explosivo poderia derrubar prédio da Bovespa

Os cerca de 30 quilos de explosivos encontrados hoje pela manhã em um carro na Rodovia Anhangüera seriam suficientes para provocar um atentado de grandes proporções. Poderiam, inclusive, derrubar o prédio da Bovespa, caso este fosse realmente o alvo, dependendo de como o atentado fosse planejado, informaram há pouco técnicos da Unidade Anti-Bomba do Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic). Os explosivos foram apresentados para a imprensa no prédio do Deic.Além das bisnagas com explosivos de emulsão, foram achados no carro 50 detonadores e 21 espoletas de retardo, utilizadas em pedreiras. De acordo com os técnicos, um detonador especial, também encontrado no veículo, indica que todos os 30 quilos de explosivos seriam utilizados num único atentado. O material era similar ao que foi encontrado no início do ano no porta-malas de um carro no Fórum Criminal da Barra Funda. Trata-se de material utilizado em grandes explosões de pedreira e também na implosão de prédios na construção civil. A comercialização desse tipo de material é controlada pelo Exército e, segundo a polícia, os 30 quilos foram desviados ou roubados de alguma pedreira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.