Extradição de Beira-Mar é confirmada

O ministro das Relações Exteriores, Celso Lafer, confirmou há pouco em Quebec que o traficante Fernandinho Beira Mar, preso ontem na Colômbia, deve ser extraditado em menos de 24 horas. Lafer tem estado desde ontem em contato direto com as autoridades colombianas presentes em Quebec para a Cúpula das Américas, incluindo o presidente colombiano Andres Pastranas, que comunicou pessoalmente o presidente Fernando Henrique Cardoso sobre a prisão de Beira Mar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.