Extraditado, Hosmany Ramos desembarca em São Paulo

O ex-cirurgião plástico foi preso na Islândia e deverá ser encaminhado para a Penitenciária de Junqueirópolis

Ricardo Valota, da Central de Notícias,

06 de março de 2010 | 01h09

Pousou, às 5h51 deste sábado, 6, no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Cumbica, Guarulhos, o voo 5085 da TAM trazendo da Islândia o ex-cirurgião plástico Hosmany Ramos, de 62 anos, cuja extradição foi autorizada no último dia 26. Até as 6h45, ao contrário dos demais passageiros do mesmo voo, Hosmany não havia passado pelo desembarque internacional onde a imprensa está reunida.

 

Condenado a 43 anos no Brasil por homicídio, sequestro e roubo, entre outros crimes, o ex-médico vem algemado e escoltado pela Polícia Federal. Hosmany será encaminhado de volta para a Penitenciária de Junqueirópolis, no interior paulista. Não estava definido ainda se ele fica até segunda-feira, 8, na Superintendência da Polícia Federal, no bairro da Lapa, zona oeste de São Paulo, para ser então transferido para a penitenciária.

 

Hosmany foi preso em agosto de 2009 na Islândia, com passaporte falso do irmão morto, quando tentava embarcar para o Canadá. Ele estava encarcerado desde 1981 e cumpria pena no interior paulista. Beneficiado pela saída de Natal, no fim de 2008, Hosmany fugiu do país. A defesa dele vai recorrer para que o cliente cumpra o restante da pena em Tocantins (terra natal).

 

Texto atualizado às 6h58.

Tudo o que sabemos sobre:
Hosmany RamosIslândiaJunqueirópolis

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.