FAB procura ultraleve desaparecido no Rio Grande do Sul

Aeronava seguia de Canela para Torres, onde participaria do 10º Encontro Nacional de Ultraleves

04 de junho de 2010 | 10h14

SÃO PAULO -  Um ultraleve desapareceu na tarde de quinta-feira, 3, no Rio Grande do Sul. A Aeronáutica informou que a aeronave sumiu depois de emitir um sinal de socorro por volta das 14 horas. Os trabalhos de busca, realizados ontem sem sucesso, foram retomados nesta sexta-feira, 4, às 7 horas.

 

O avião deixou a cidade de Canela, na serra gaúcha, para seguir para o município de Torres, no litoral do Estado, onde participaria do 10º Encontro Nacional de Ultraleves. O sinal de socorro foi emitido quando o ultraleve estava a 30 quilômetros do destino.

 

Um helicóptero H1H e um avião Bandeirante participam da operação de busca realizadas em uma área de aproximadamente 4 mil quilômetros quadrados. Ainda não há informações sobre o número de pessoas que estavam a bordo.

 

Tudo o que sabemos sobre:
ultraleve

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.