FAB resgata bebê indígena com risco de morte no Mato Grosso

Um criança da tribo xavante, no interior do Mato Grosso, resgatada pela Força Aérea Brasileira (FAB) passa bem.

Carolina Spillari, estadão.com.br

02 Julho 2011 | 12h43

 

 

A cirurgia transcorreu por mais de duas horas no Hospital Regional da Asa Sul, em Brasília. As informações foram divulgadas na sexta-feira, 1º, pela FAB.

 

 

A criança nasceu com uma gastrosquise, um problema de má formação fetal em que as alças intestinais ficam fora da cavidade abdominal.

 

 

Segundo a FAB, ela ainda não tem nome. Pela tradição da tribo xavante em que vive, quem decide como vai se chamar uma criança é apenas o avô paterno. Sua primeira semana no mundo poderia ser definida como "vitória".

 

 

O salvamento ocorreu no último dia 24 de junho. Logo após nascer, o bebê foi levado pela FAB da cidade de Barra do Garça para Brasília.

Mais conteúdo sobre:
FAB, Mato Grosso, Resgate, Cidades

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.