Fábrica de dinheiro falso é descoberta em Fortaleza

Uma fábrica de dinheiro e cheques falsos foi desmontada na noite de terça-feira, 4, em Fortaleza, pela Polícia Federal (PF). Correspondências, via Sedex, vindas da favela da Rocinha, no Rio de Janeiro, sugerem uma conexão da quadrilha com outros estados. A fábrica funcionava em uma sala comercial localizada na Avenida Jovita Feitosa, 840, no Parque Araxá. O local foi descoberto após a prisão na segunda-feira, 3, de um motoboy, cuja identidade não foi revelada. O motoboy vendia as cédulas falsas no Ginásio Paulo Sarasate, no bairro Aldeota. A PF montou campana no endereço da fábrica clandestina com o objetivo de prender os outros integrantes da quadrilha, mas ninguém apareceu.Com um mandado judicial em mãos, os federais entraram na sala e apreenderam computador, scanner e copiadora, material usado para produzir as cédulas falsas. As notas apreendidas, nos valores de R$ 5, R$ 10 e R$ 50, surpreenderam o delegado Francisco Bonfim, da Delegacia de Prevenção a Crimes Fazendários da PF. Os falsários conseguiam reproduzir com perfeição itens de segurança como a marca d´água e a assinatura do presidente da Casa da Moeda.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.