Faculdade reforça segurança após estupro

Alunos da Faculdade Oswaldo Cruz, na Barra Funda, zona oeste, onde uma universitária foi estuprada em fevereiro, receberam da instituição uma "carta aberta" com informações sobre melhorias na segurança, como o reforço de 18 seguranças. A Polícia Civil informou que a jovem já depôs, mas não pôde descrever o criminoso por estar nervosa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.