Falha de radar na Amazônia interrompe 11 vôos internacionais

Quatro vôos vindos dos Estados Unidos tiveram de retornar a Miami por conta de pane no Cindacta-4

Milton F. da Rocha Filho, Agência Estado

21 Julho 2007 | 11h38

 Uma queda de energia elétrica, ainda inexplicada, em uma estação de radar na Amazônia, durante a madrugada, forçou pelo menos quatro vôos da American Airlines, rumando dos EUA para o Brasil,  a retornar a Miami na manhã deste sábado, 21. A falha também forçou cinco vôos internacionais que partiam do Brasil a retornar a Cumbica.   Além disso, segundo a Infraero dois avões da American Airlines que faziam a rota São Paulo-Miami fizeram escalas não previstas no Aeroporto Eduardo Gomes, de Manaus. Um deles ficou parado no aeroporto das 0h52 às 5h52 e o outro, das 0h58 às 5h45.   Segundo informações ainda não confirmadas oficialmente pela Força Aérea Brasileira (FAB), um radar sob comando do Cindacta-4 (Centro Integrado de Defensa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo), baseado em Manaus, funcionou com dificuldades entre 23h45 de sexta-feira e 2h28 desde sábado.   A FAB deverá emitir nota sobre os problemas do Cindacta-4 ainda neste sábado.   Os sistemas Cindacta distribuem-se de norte a sul do Brasil, e controlam os corredores de vôo comercial e civil. O Cindacta-4 responde por 90% do tráfego aéreo entre Brasil, EUA e América Central.   O porta-voz do aeroporto Internacional de Miami, Marc Henderson, informou que quatro vôos da American, com destino a são Paulo e Rio de Janeiro, retornaram à Flórida. Três desses vôos eram originários de Miami, e o quarto, de Dallas-Fort Worth, no Texas.    Na manhã deste sábado, 21, o Aeroporto de Congonhas apresentava 11 vôos cancelados e três com mais de 1 hora de atraso. Já em Cumbica, dos 89 vôos previstos, não houve cancelamentos, mas 33 deles apresentam atrasos de mais de 1 hora.   As dificuldades com o radar deste sábado seguem-se ao desastre de terça-feira em Congonhas, que deixou cerca de 190 mortos.   (Ampliada às 12h33)    (Com Carlor Orsi, do estadao.com.br, Leda Letra e Rodrigo Rodrigues, da Rádio Eldorado, Associated Press e Efe)

Mais conteúdo sobre:
apagão aéreo cumbica congonhas vôo 3054

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.