Falha elétrica paralisa trens do Metrô na Linha Vermelha em SP

Uma falha de alimentação elétrica provocou paralisação dos trens do Metrô entre as Estações Barra Funda e Anhangabaú na manhã de hoje. O problema foi detectado às 4h40. A circulação só foi normalizada às 6h32. Diariamente, cerca de 1,1 milhão de passageiros utilizam a Linha Vermelha, entre Barra Funda e Corinthians-Itaquera.A Companhia do Metropolitano deve divulgar no fim da tarde o número de pessoas prejudicadas pelo problema nas Estações Barra Funda, Marechal Deodoro, Santa Cecília, República e Anhangabaú. Durante a suspensão da circulação, os passageiros que utilizam o trecho foram atendidos pelo sistema Plano de Apoio entre Empresas em Situações de Emergência (Paese), que disponibilizou uma frota de ônibus.O restante da linha, entre as Estações Sé e Itaquera, operou com um número menor de trens e intervalos irregulares. O passageiro Gutemberg Dultra de Lima chegou 40 minutos atrasado ao trabalho, no Bairro do Limão, zona norte. "Os trens estavam normais até a Estação Brás. De lá até a Sé, começaram a parar e a andar com lentidão", contou Lima, que pegou o metrô na Estação Arthur Alvim e ia até a Barra Funda. Ele acabou descendo na Estação Sé, onde, segundo ele, havia uma multidão nas plataformas.A única alternativa foi voltar até o Brás e tomar o trem. "Esta foi a orientação dada pelo Metrô àquela hora, já que os trens estavam começando a funcionar e ainda não havia ônibus", disse Lima.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.