Falsa doméstica aplica golpe de R$ 150 mil

A falsa empregada doméstica Maria Angélica da Silva, de 46 anos, é procurada pela polícia. No primeiro dia de serviço na casa de uma empresária de Moema, na zona sul, ela trabalhou para impressionar, mas, no segundo, fez "limpeza" de jóias, perfumes importados, roupas de grifes e objetos de valor. Levou cerca de R$ 150 mil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.