Falsificadores de documentos são presos em Santo André

Estelionatários que agiam no Grande ABC foram presos pela Polícia Civil na quinta-feira em Santo André, após investigações realizadas por agentes do Setor de Investigações Gerais (SIG) da Delegacia Seccional de Santo André. Os criminosos, identificados como A.W.C., de 53 anos, e C.A.L.O, 21 anos, utilizavam programas de computador para preencher cédulas de identidade e CPFs com dados de outras pessoas. De posse das falsificações, eles financiavam veículos, efetuavam saques em contas bancárias e compras em lojas. O material era preparado em um escritório na Rua das Hortênsias, nº 788, em Vila Helena, onde havia cheques roubados e documentos falsos, com fotos dos dois falsificadores. Também foi apreendido um CD contendo a gravação de um espelho de cédula de identidade em branco. Na quinta-feira, policiais do SIG avistaram A.W.C., que já havia sido preso por estelionato e o abordaram. Ele estava acompanhado do cúmplice no esquema e confessou que ainda praticava o mesmo crime, indicando o endereço do escritório. Pelo menos duas vítimas dos falsificadores já foram identificadas pela polícia e devem comparecer à SIG para prestar depoimento. Uma mora em Campinas, interior do Estado de São Paulo, e teve um veículo financiado em seu nome. A outra é de Santo André e teve 40 mil reais sacados de sua conta corrente. Os criminosos foram autuados em flagrante pelo delegado Georges Amauri Lopes por estelionato, formação de quadrilha, falsificação de documento, uso de documento falso, supressão de documento e receptação qualificada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.