Falso médico é preso no interior de SP

Um homem que se passava por médico e ainda receitava medicamentos falsos para os seus pacientes foi preso nesta quinta-feira Itajobi, na região de Novo Horizonte, no interior de São Paulo. Germano Alves Ferreira, de 50 anos, não tinha consultório e recebia as pessoas em casa. Pela consulta e remédios cobrava R$ 150.Segundo o Bom Dia SP, da TV Globo, o falso médico apresentava uma carteira do Sindicato dos Terapeutas a seus pacientes, como licença para trabalhar. O documento, apesar de verdadeiro, não permite que ele atue na profissão de médico. Com ele, foram apreendidos cerca de 200 frascos de medicamentos falsificados. As informações são da TV Globo.

Agencia Estado,

30 de janeiro de 2004 | 10h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.