Falso padre é preso com 3 quilos de cocaína em Cumbica

O traficante Rubens Miguel da Silva, de 27 anos, foi detido, na tarde de segunda-feira, 9, no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Cumbica, Guarulhos, quando preparava-se para embarcar para a África do Sul. Agentes do Departamento de Investigações sobre Narcóticos (Denarc) desconfiaram do rapaz que usava vestimenta de padre. Ao ser revistado, o falso religioso foi preso pois levava nos sapatos e preso junto ao corpo um total de 3 quilos de cocaína. Em uma pasta, o falso padre carregava umas poucas roupas e os livretos de catequese. Segundo a polícia, Miguel mora no bairro do Imirim, na zona norte da capital paulista, e, mediante promessa de emprego em solo sul-africano, foi até uma casa ocupada por nigerianos e aceitou fazer o serviço de "mula" - nome usado para quem apenas faz o transporte da droga. Ao chegar na casa, Rubens vestia camiseta e calça jeans, mas saiu de lá travestido de padre. Levado à sede do Denarc, no bairro do Butantã, na zona oeste de São Paulo, Silva foi indiciado por tráfico internacional de drogas e, caso condenado, poderá pegar uma pena de 3 a 15 anos de prisão.

Agencia Estado,

10 Abril 2007 | 04h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.