Falso padre preso transportando 200 kg de maconha

Um falso padre foi preso em Seropédica, na Baixada Fluminense, com cerca de 200 quilos de maconha. Ele viajava sozinho pela Rodovia Presidente Dutra num Santana com placa do Mato Grosso do Sul, e chamou a atenção da Polícia Rodoviária Federal. Eder Hely Carolino Júnior, de 22 anos, usava o colarinho clerical e disse que estava a caminho de um seminário. Mas não convenceu os policiais, que encontraram droga escondida no carro.Ao ser abordado, o rapaz se apresentou como padre, mostrou que levava uma Bíblia, mas não tinha bagagem nem identificação. Ao revistar o porta-malas do Santana, os policiais descobriram um fundo falso, onde encontraram 60 tabletes de maconha. Os agentes começaram, então, a rasgar o interior do veículo, e foram descobrindo novos pacotes da droga nas laterais do carro e no banco traseiro. Ao todo, o falso padre transportava 108 tabletes de maconha. Ele mesmo declarou o peso: 200 quilos.Aos policiais, Carolinho Júnior disse que o destino da droga era o Rio de Janeiro, mas não informou o nome do receptador. Ele garantiu que era a primeira vez que transportava entorpecentes. O rapaz foi levado para a Delegacia de Repressão a Entorpecentes da Polícia Civil, que vai investigar o caso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.