Falso psiquiatra é preso na Grande SP

A polícia prendeu em Suzano, na Grande São Paulo, Sérgio Antonio dos Santos, que atuava como psiquiatra sem nunca ter cursado uma faculdade. Ele abriu consultório no centro da cidade há dois meses e tratava os clientes com registro no Conselho Regional de Medicina (CRM) de outro médico. No consultório do falso médico, foram apreendidos receituário e medicamentos. Santos responderá por falsa identidade e estelionato, crime que pode ser punido com até 7 anos de prisão, segundo o Bom dia SP, da TV Globo. A polícia acredita que ele atuou como médico por quatro anos antes de abrir consultório no centro de Suzano.

Agencia Estado,

07 Fevereiro 2006 | 08h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.