Falta de água provoca rebelião em delegacia de cidade no norte do Paraná

Segundo a polícia, interrupção no abastecimento durou 40 minutos; motim foi controlado de madrugada

Solange Spigliatti, estadão.com.br

30 Novembro 2011 | 10h38

SÃO PAULO - Ao menos 60 entre os 170 detentos da delegacia de Cianorte, no norte do Paraná, se rebelaram no fim da noite desta terça-feira, 29, contra a falta de água na delegacia, que durou cerca de uma hora, segundo a polícia.

Os presos de uma das alas da carceragem da delegacia começaram a rebelião por volta das 23 horas, quando o bairro teve o abastecimento de água interrompido. Segundo a polícia, a interrupção no fornecimento durou cerca de 40 minutos.

Os presos atearam fogo em colchões e destruíram duas portas de entrada para as galerias. Eles tentaram destruir também outras duas portas que dão acesso para o pátio. A rebelião só foi controlado por volta das 4 horas desta quarta-feira. Parte da carceragem foi interditada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.