Falta de licença barra construção de pista de esqui

O sonho de ter uma pequena Aspen na região de Campos do Jordão não passou disso, um sonho. Mesmo com o apoio da governo local, a pista de esqui com 40 mil m² de neve artificial que seria inaugurada em maio não tem mais previsão - e muito menos autorização - para sair do papel. O empreendimento Ski Club, cujo investimento seria de R$ 48 milhões, com bilhetes que chegaram a ser vendidos a R$ 300 (e já foram ressarcidos), nunca contou com licença ambiental para funcionar no Pico do Itapeva, área de preservação permanente da Serra da Mantiqueira, segundo informou a Secretaria de Estado do Meio Ambiente.O secretário de Comércio e Indústria de Pindamonhangaba, Alvaro Staut, não esperava a demora no licenciamento. Ele havia divulgado em novembro a criação de 1.500 novos empregos com o projeto. O empresário André Meyer Pflug, "CEO" do Ski Club, limitou-se a dizer que adiou "indefinidamente o lançamento do projeto até que a conjuntura mundial e o câmbio do dólar voltem a patamares aceitáveis".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.