Falta de luz prejudica atendimento em juizado previdenciário

A queda no fornecimento de energia elétrica no Bairro da Liberdade, na região central de São Paulo, prejudicou nesta quarta-feira o atendimento no Juizado Especial FederalPrevidenciário.Durante toda a manhã e parte do período da tarde, pessoas que foram ao prédio onde se localiza o juizado, na Rua São Joaquim, 69, para resolver pendências judiciais não puderam ser atendidas, segundo a assessoria de comunicação.O juizado julga casos específicos de pessoas que ingressaram com pedido administrativo noINSS para revisão ou concessão de aposentadorias, mas não foram atendidas e procuraram a Justiça para tentar obtê-los. O valor das causas levadas ao juizado não pode ultrapassar os sessenta salários mínimos.A Eletropaulo ficou de nos ligar para dizer o que ocorreu. Inicialmente, eles negaram que tenha havido falta de energia elétrica por tanto tempo.A assessoria do juizado não tinha informações detalhadas sobre quantas pessoas deixaram de ser atendidas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.