Falta de medidas do governo provocou decisão, diz PC do B

O presidente do PC do B, Renato Rabelo, concorda com a decisão da Corte Interamericana da OEA, mas lamentou que o governo não tenha tomado medidas previamente. "Essa decisão acaba nos constrangendo. Lutamos há muito tempo por um pronunciamento do governo brasileiro", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.