Família é feita refém após ter casa invadida em SP

Três pessoas de uma mesma família e a empregada foram feitos reféns por quatro criminosos que invadiram, para assaltar, uma residência na região de Santo Amaro, zona sul da cidade de São Paulo, na noite desta segunda-feira, 25. Os assaltantes estavam com uma metralhadora, uma pistola, um revólver e um fuzil. A Polícia Militar cercou a casa e, uma hora e meia após a invasão, três dos assaltantes se renderam e foram presos. Um deles conseguiu fugir.A invasão à residência aconteceu por volta das 23 horas quando uma moradora do local chegava da faculdade por volta das 23 horas e foi rendida por dois homens armados com um revólver e uma pistola. Outros dois, um deles com a metralhadora, se juntaram à dupla e os quatro invadiram a casa. A cena foi presenciada por uma testemunha que telefonou para a polícia. Na residência estavam os pais da garota e a empregada.Apesar de aparentar calma, os assaltantes agiam com violência e ameaçavam matar a todos, caso não lhes fossem entregues jóias, ouro e dólares, apesar da respostas de todos de que não havia esse tipo de bens na casa. Cerca de meia hora depois, a polícia chegou. Um dos criminosos fugiu pelos fundos, mas os outros três permaneceram e negociaram com os policiais.Ao se entregar, as armas foram apreendidas e os ladrões identificados como Alexandre Gomes Oliveira, de 28 anos, Leonardo Quele Martins, de 25, e José Gomes da Silva Jr., de 19. Os presos não identificaram o criminoso que fugiu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.