Família é libertada depois de pago o resgate

Sete pessoas de uma família, inclusive três crianças, foram seqüestradas nesta quarta-feira de madrugada em Americana, no interior de SP, e liberadas em seguida, depois que um dos seqüestrados foi buscar dinheiro para entregar ao grupo.Segundo o delegado seccional de Americana, Paulo Roberto Rodrigues Jodas, o caso não pode ser classificado como seqüestro, porque as vítimas não foram mantidas em cativeiro. Ele explicou que a ocorrência deverá ser tratada como roubo qualificado e extorsão.Jodas acrescentou que esse foi o primeiro caso do gênero registrado em Americana. A vítima, um empresário cuja identidade não foi divulgada pela polícia, saía de casa, no Jardim Glória, quando foi abordada por um grupo de pelo menos sete ladrões, a bordo de um veículo Fiorino.Os bandidos levaram a família para um canavial, na estrada Santa Bárbara D?Oeste-Capivari, e ordenaram ao empresário que providenciasse o dinheiro. Depois de pago o resgate, de valor não divulgado, a família foi liberada. De acordo com Jodas, ainda não há informações sobre os autores do crime. ?A polícia somente foi notificada depois do ocorrido, quando o dinheiro já havia sido entregue e os reféns, liberados?, comentou Jodas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.