Família é morta no interior de São Paulo

Quatro pessoas de uma mesma família foram assassinadas com requintes de crueldade na casa onde moravam no Sertão dos Coqueiros, zona rural de Bananal, no interior paulista. Segundo a polícia civil, o lavrador Reginaldo da Silva Oliveira, de 22 anos, a dona-de-casa Fabiana Cristina da Costa Fabiano, de 20, e dois filhos do casal, Giovani Oliveira, de 4 anos, e Jean Oliveira, de 11 meses foram encontrados mortos, com golpes de foice pelo corpo."Há marcas por todo corpo, o que mostra que eles tentaram se defender antes de morrer" afirmou a delegada Josely Campos da Silva Araújo. O homem teve a cabeça decepada e a mulher, profundas marcas nas costas e nos braços.A delegada informou que a família de uma das vítimas foi avisada por um homem que chegou para trabalhar no sítio onde o casal morava. Na casa onde as vítimas moravam nada foi levado. "Havia uma carteira com oitenta reais e eletrodomésticos que não foram roubados, o que descaracteriza latrocínio."A delegada disse que ainda não há suspeitos. A notícia do crime chocou a cidade de Bananal, que nunca havia registrado uma chacina.

Agencia Estado,

08 de outubro de 2002 | 23h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.