Família paga o resgate, mas sequestrado é morto

Um rapaz de 25 anos que estava seqüestrado há um mês foi encontrado morto na tarde deste sábado em São Bernardo do Campo, no Grande ABC paulista, de acordo com informações da TV Record. Segundo o delegado Marcelo Gonçalves, o resgate já havia sido pago pelos familiares e, mesmo assim, os seqüestradores executaram a vítima. O dedo do rapaz foi enviado para a família para pressionar o pagamento do resgate. A vítima é filho de um dono de supermercado.O corpo foi encontrado em uma represa na região do Riacho Grande. O delegado informou que o rosto da vítima estava coberto por uma fita crepe. Segundo ele, análises preliminares apontam que ele foi morto por algum instrumento, ainda não identificado. Aparentemente ele não foi baleado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.