Familiares das vítimas do Airbus da TAM fazem protesto no RS

Minuto de silêncio relembra vítimas da tragédia de Congonhas, que completa um mês nesta semana

Carlos Alberto Fruet, do Estado,

12 de agosto de 2007 | 15h53

Cerca de 100 familiares e amigos das vítimas do Airbus da TAM, dia 17 de julho, fizeram uma caminhada de protesto no Parque da Redenção, tradicional ponto de encontro dos porto-alegrenses nos finais de semana, às 11 horas deste domingo, 12, na capital gaúcha.   Veja também:  Maiores desastres da aviação brasileira  Cronologia da crise aérea  Quem são as vítimas do vôo 3054  Tudo sobre o acidente do vôo 3054      Vestidos com camisetas, algumas com fotos dos familiares mortos e narizes de palhaços, a passeata teve também a adesão de pessoas que estavam no parque apenas para passear. Ao meio-dia foi observado um minuto de silêncio para relembrar as vítimas da tragédia de Congonhas.   Nesta semana, a tragédia com o avião da TAM, que deixou 199 mortos, completa um mês. Uma aeronave A320 colidiu com o prédio da TAM Express após uma tentativa de pouso no Aeroporto de Congonhas. As causas do acidente ainda são apuradas.

Tudo o que sabemos sobre:
Vôo 3054

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.