Familiares do piloto acompanham buscas ao helicóptero

Bombeiros e agentes da Defesa Civil do Rio e de Ubatuba, no litoral paulista, tentam chegar ao helicóptero prefixo PT-MRG, que teria caído numa mata fechada da Serra do Mar em Paraty, no litoral fluminense. A aeronave, pilotada pelo empresário Sidney Celso Berteroque, de 51 anos, está desaparecida desde o início da tarde da última terça-feira. Ele decolou de Carapicuíba, na Grande São Paulo, em direção à Paraty, onde passaria o Natal com a família. A mulher e a filha do empresário, que acreditam que ele fez um pouso forçado, permanecem no Aeroporto Municipal de Paraty à espera de notícias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.