Familiares reconhecem vítimas de acidente no Maranhão

Os corpos das 15 pessoas que morreram ontem, vítimas de um acidente entre um microônibus e uma carreta, nointerior do Estado do Maranhão, começaram a ser identificados por familiares na manhã de hoje. Dois corpos foram transferidos para o IML (Instituto Médico Legal) de São Luís. Entre eles, está o da dona-de-casa Francineide Ribeiro dos Santos, 33 anos, de Peritoró (MA), que viajava com dois filhos - Ana Carolina Ribeiro Bessa, 5 anos, que morreu no local, e Gabriel Ribeiro Bessa, 2 anos, que está internado no Hospital Municipal Djalma Marques na capital. Segundo o diretor técnico do hospital, Francisco Willian de Oliveira, a criança teve um trauma na perna esquerda e está emobservação. Além de Gabriel, outras duas vítimas do acidente estão internadas no hospital e passam bem. O segundo corpo levado ao IML de São Luís ainda não havia sido identificado pela família até às 17h. Os outros 13 corposencontram-se no IML de São Mateus (cerca de 180 km de São Luís), cidade próxima do local do acidente, e estão sendoidentificados pela família. Até o final da tarde, oito corpos já haviam sido identificados. São eles: José Fernando Batista, JoséReinaldo Lima dos Santos, Roseana Lima dos Santos, Samira Lima dos Santos, Jefferson Oliveira Sousa, Raimundo dos Santos,João Carlos Lopes da Silva e José de Ribamar dos Santos.Segundo a polícia, todos são moradores do interior do Maranhão.Segundo a Polícia Rodoviária Federal, a lotação do microônibus, que levava 17 pessoas, e as péssimas condições do veículopodem ter causado a tragédia.O acidente aconteceu na tarde de domingo, nas proximidades do km 172 da BR 135. Um microônibus, que fazia otransporte intermunicipal entre São Luís e Peritoró (220 Km da capital), bateu em uma carreta após ter o pneu dianteiroestourado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.