Famílias de quatro países agiram juntas

Parentes brasileiros, franceses, espanhóis e alemães das vítimas do voo Air France 447 decidiram trabalhar juntos para receber informações sobre as investigações do acidente e entrar com ações na Justiça. A informação foi divulgada ontem pela Associação dos Familiares das Vítimas do Voo AF 447. A organização informou ainda que, nos próximos dias, fará um pedido para que o governo brasileiro designe um interlocutor para auxiliar e prestar informações às famílias, seguindo o exemplo do governo da França.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.