Famílias de sem-teto invadem prédios em São Paulo

Cerca de 100 famílias de sem-teto invadiram um prédio, durante a madrugada desta segunda-feira, 30, na região central de São Paulo. O edifício fica na Rua Conselheiro Ramalho, 209, nas proximidades da Rua Conselheiro Carrão, na Bela Vista. De acordo com os invasores, o imóvel, que tem seis andares, estava abandonado e com placa de aluga-se. Conforme ainda os sem-teto, a polícia esteve no local durante e madrugada e foi embora por volta das 6 horas. Por volta das 10 horas, no entanto, os policiais voltaram e estariam tentando invadir o edifício. Eles não estavam permitindo a entrada de água e alimentos para as famílias que lá permaneceram. Quem saiu para pegar comida também não podia entrar. Os sem-teto alegam que até gás lacrimogêneo já foi atirado no interior do móvel e que já teria uma pessoa ferida. A situação estava muito tensa na área.Outras invasõesOutro empreendimento invadido por sem-teto esta madrugada é um conjunto habitacional cujos imóveis são financiados pela Caixa Econômica Federal no Capão Redondo, extremo sul da capital paulista. A área foi invadida por integrantes da Frente de Luta por Moradia (FLM), que alegam que a construção do conjunto habitacional já se arrasta há três anos. As famílias afirmam que, com a invasão, pretendem chamar a atenção no sentido de abrir um canal de negociação com a Caixa Econômica Federal. As famílias reclamam que, apesar da Caixa manter diversos programas habitacionais, nenhum deles é capaz de atender as pessoas que mais precisam, no caso aquelas com renda mensal de até três salários mínimos.Em uma outra invasão por volta da 0h30 desta segunda-feira, um segurança frustrou a tentativa de um grupo com cerca de 50 sem-teto de invadir um prédio localizado na esquina da Rua Genebra com a Rua Aguiar de Barros, na Bela Vista.Segundo a Polícia Civil, o prédio foi comprado pelo Banco Santander após nele ser desativado um hospital. Um segurança que tomava conta do imóvel, ao ver o grupo tentando invadir o prédio, atirou várias vezes para cima e conseguiu impedir a ação. Segundo a PM, nem o segurança nem os sem-teto ficaram feridos. Os sem-teto foram encaminhados ao 5º Distrito Policial da Aclimação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.