Famílias de sem-teto invadem terreno em Osasco

Um grupo de 150 sem-teto invadiu, no início da madrugada deste domingo, um terreno particular localizado na Avenida Vitor Civita, na altura do número 2.000, no Jardim Santa Maria, em Osasco, divisa com o município de Cotia, na região oeste da grande São Paulo. Policiais militares do 14.º Batalhão apreenderam um caminhão no qual os invasores transportavam pertences pessoais para expandir ainda mais a área invadida. O dono do terreno até o momento não foi encontrado, o que impede a Polícia Militar e o delegado do 1.º Distrito Policial de Osasco, onde o caso está registrado, de tomarem alguma providência para a desocupação da área, pois isso depende de um mandado judicial. Segundo a Polícia Civil, essa não é a primeira vez que esse terreno sofre invasão. O clima é de tranqüilidade entre os invasores e polícia na área invadida.Outro caso - Também em Osasco, no Jardim Umuarama, na Rua Avelino Monteiro, na divisa com São Paulo, um grupo de pelo menos 1.500 famílias de sem-teto ocupa outro terreno há quase um mês. Pedido de reintegração de posse já foi feito e autorizado pela justiça, mas até o momento a polícia não conseguiu tirar os invasores da área, pertencente à Família Matarazzo. Juntamente com outros sem-teto de áreas invadidas em Perus, na zona oeste da capital, e em Guarulhos, na grande São Paulo, parte dessas famílias fez uma passeata no último dia 12 até o Palácio do Governo, onde reivindicaram do governador Geraldo Alckmin a regularização da situação do grupo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.