Famílias disputam a guarda de bebê

A família de Ana Cláudia Melo e Silva, de 18 anos, assassinada no dia 22 pelo ex-marido, Janken Evangelista, de 29, chegou ontem a Teixeira de Freitas (BA) para tentar trazer para São Paulo o filho do casal, Gabriel, de 1 ano e 8 meses. A criança foi levada à cidade pelo pai, que fugiu após o crime e foi preso na quarta-feira. A família da vítima e a do assassino brigam na Justiça pela guarda do menino.

, O Estadao de S.Paulo

31 de março de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.