Famílias resistem nas encostas

Após seis dias de chuva, com saldo de 7 mortos, 8 feridos e 1.500 mil deslizamentos de terra, as autoridades de Salvador preocupam-se agora com a retirada de moradores de 160 imóveis ameaçados pela Defesa Civil. No entanto, há resistência na remoção dessas famílias. Na manhã de ontem, o corpo de Milton dos Santos, de 39 anos, foi localizado. Ele tentou atravessar um córrego no Parque São Cristóvão, na terça-feira. À tarde, foi resgatado o corpo de Beatriz Bispo, de 6 anos, arrastada pela correnteza, na terça, com a mãe. No Ceará, a Defesa Civil informou ontem que subiu para 12 o número de mortos. A chuva afetou 200.002 pessoas; 16.311 estão desabrigadas; e 26.410, desalojadas. São 69 municípios atingidos pelas chuvas. Um total de 6.647 casas foram danificadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.