Faxineira mata companheiro a golpes de picareta

A faxineira Rosália Oliveira Saldanha, de 27 anos, encerrou um relacionamento conflituoso de oito anos com o biscateiro Jorge Conceição Santana de 37, matando-o a golpes de picareta. O fato ocorreu na noite de segunda-feira numa favela do Centro Industrial de Aratu, na região metropolitana de Salvador.Após assassinar Santana, com a roupa ensangüentada e acompanhada dos seis filhos, Rosália procurou a polícia para se entregar. Ela disse que não agüentava mais as agressões que sofria do companheiro. Segundo depoimento dela na 8ª Delegacia de Polícia, Santana era alcoólatra, consumia drogas e havia comprado recentemente uma pistola para realizar assaltos.Na noite do crime, Santana teria chegado em casa mais uma vez bêbado e após ter xingado Rosália a ameaçou de morte. Ela esperou o companheiro dormir e o matou com golpes de picareta na cabeça. Os seis filhos (dos quais cinco são de Santana) foram acordados por Rosália em seguida. Ela os levou até a sede da Central de Abastecimento da Bahia (Ceasa) imaginando encontrar uma radiopatrulha que costuma ficar no local. Mas o veículo não estava e ela então contou o que fez ao vigilante da Ceasa que chamou a polícia. Rosália vai aguardar julgamento na cadeia. Os filhos foram levados para o Juizados de Menores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.