Febem de Franco da Rocha terá PM 24 horas

O governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP) disse hoje que manterá a Polícia Militar 24 horas por dia, fazendo a segurança externa daunidade da Febem de Franco da Rocha, até a data da desativação, o que deve ocorrer até o final do ano. Nesta madrugada, aconteceu mais uma rebelião no local, com a fuga de 20 internos. "A maioria deles foi recuperada e além da guarda do lado externo, estamos fazendo um esforço junto ao Ministério Público para que adolescente com mais de 18 anos, que cometeram crimes, sejam mantidos nas penitenciárias", disse Alckmin.Segundo Alckmin, a volta desses adolescentes à unidades da Febem prejudicial em relação à manutenção da segurança. "Eles destruíram patrimônio público, colocaram fogo na unidade, ameaçaram funcionários e colocaram em risco a vida de pessoas. Eles foram reindiciados e mandados de volta à penitenciária. Se voltarem, voltam fortalecidos ", disse Alckmin. "E é evidente que a volta deles para a unidade é fator de desestabilização no local." O governador disse ainda que a Febem deve continuar com a Secretaria da Educação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.