Febem nega transferências em Franco da Rocha

A assessoria de imprensa da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, a qual está vinculada a Febem, informou que nenhum interno foi transferido da unidade de Franco da Rocha, desde a rebelião de ontem. Segundo a assessoria, os únicos presos que deixaram o prédio, escoltados pela polícia, foram 12 maiores de idade indiciados pelo motim. Eles foram encaminhados para as delegacias de Cajamar e Franco da Rocha. Dos 21 funcionários do presídio que ficaram feridos, 2 continuam internados em estado grave. Os diretores de Divisão da Febem podem realizar uma reunião no final desta tarde. O Sindicato dos Funcionários da Febem realiza uma assembléia, em frente ao prédio da unidade de Franco da Rocha, para decidir se fará um protesto contra a morte do monitor Renato Feitoza, baleado ontem na rebelião.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.