Feriado: 1,5 milhão de veículos devem deixar São Paulo

Cerca de 1,5 milhão de veículos devem deixar a cidade de São Paulo a partir desta quarta-feira, 11, para o feriado prolongado de Nossa Senhora Aparecida, de acordo com estimativa da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). A CET vai monitorar a saída da capital a partir das 14 horas desta quarta, quando o movimento deve se intensificar, e na manhã de quinta-feira, 12. O acompanhamento do retorno acontecerá na tarde de domingo, 15, e na manhã de segunda-feira, 16.Aos motoristas, é recomendável evitar a viagem das 14 às 22 horas desta quarta e do domingo e das 8 às 13 horas de quinta e da segunda-feira, períodos de maior movimento nas estradas. O rodízio municipal de veículos foi suspenso na quinta-feira, conforme ocorre em todos os feriados e na sexta-feira. Os veículos com placas final 7 ou 8, na quinta, e 9 ou 0, na sexta, poderão circular sem restrição de horários.Litoral Nas rodovias Anchieta e Imigrantes, a Ecovias, que administra as estradas que dão acesso ao litoral sul, espera o fluxo entre 260 e 380 mil veículos. A Operação Descida (7X3) será implantada das 16 horas a zero hora desta quarta, quando os veículos em direção ao litoral poderão utilizar a pista sul da Imigrantes e as duas pistas da Anchieta. A pista norte da Imigrantes estará liberada para a subida. Na quinta, a operação voltará a ser implantada das 7 às 19 horas. No litoral norte, o número de turistas também deve ser grande. Ubatuba, Caraguatatuba, São Sebastião e Ilhabela esperam receber, juntas, 500 mil visitantes. De acordo com a Polícia Rodoviária, devem descer pelas Rodovias Tamoios, Oswaldo Cruz, Mogi-Bertioga e Litorânea cerca de 368 mil carros.Aparecida No feriado de Nossa Senhora Aparecida, o motorista que deixar a capital paulista pela Rodovia Presidente Dutra, rumo à Basílica de Aparecida, deve enfrentar lentidão até o quilômetro 225.Nessa altura, duas faixas - uma na pista expressa e uma na local - estão interditadas para refazer o pilar de uma passarela atingida por um caminhão na madrugada de sexta-feira. A previsão da administradora da rodovia, a NovaDutra, é de que 190 mil veículos passem pelo sentido São Paulo-Rio.Para fugir de grandes congestionamentos, aconselha-se evitar os horários de pico - das 16 às 20 horas na quarta-feira e das 8 às 14 horas na quinta. A 500 metros do trecho de obras, há sinalização para alertar o motorista sobre as obras e para reduzir a velocidade para 80 quilômetros por hora. Perto de Aparecida, equipes da NovaDutra vão orientar os romeiros a utilizar o trevo do km 74 para chegar à basílica. Interior Em direção ao interior de São Paulo, a Polícia Rodoviária estima que cerca de 400 mil veículos trafeguem pelos dois sentidos do Sistema Castelo Branco-Raposo Tavares. As obras em execução no Sistema que causam interferência no tráfego, como desvios ou interdições de pista, serão suspensas a partir das 15 horas desta quarta-feira e devem se estender até as 12 horas de segunda nos períodos de maior fluxo. No domingo, a Viaoeste que administra as duas rodovias, deve liberar provisoriamente 4 faixas de rolamento para o tráfego no sentido capital, entre os km 23 e 26 da rodovia Castelo Branco, na região de Barueri. Neste trecho, a concessionária executa obras de implantação da 4ª faixa. Já no Sistema Anhangüera-Bandeirantes, a previsão é de que 615 mil veículos circulem em direção ao interior do Estado entre esta quarta-feira e domingo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.