Feriado termina com 80 mortes nas federais

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 80 mortes nas rodovias federais no feriado prolongado do 1º de Maio - entre quinta e domingo. O número é 27% superior ao do ano passado, mas o Dia do Trabalho caiu em uma quinta em 2008 e por isso não foi considerado pela PRF como feriado prolongado. Foram também contabilizados neste ano 1.773 acidentes e 1.095 feridos. Além disso, 272 pessoas foram presas por dirigir alcoolizadas. Em São Paulo, houve 38 mortes nas estradas estaduais e 6 nas federais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.