Feriados custam R$ 40 milhões ao Rio, avalia comércio

A seqüência de feriados da Semana Santa, Tiradentes (21) e São Jorge (23), que ocorrem no mês de abril, resulta em prejuízo para o Rio de Janeiro estimado em R$ 40 milhões, além de uma perda de R$ 12 milhões em tributos que deixam de ser pagos. A avaliação foi feita hoje nesta capital pelo presidente do Conselho de Varejo da Associação Comercial do Rio de Janeiro, Daniel Plá.Plá afirmou à Agência Brasil, que, a cada feriado, "o comércio do Rio deixa de faturar R$10 milhões". Acrescentou que "cada dia não trabalhado dispensa gastos na cidade que são deslocados para outros municípios. Quem sai mais prejudicado é o comércio de rua, principalmente do centro, que tem um prejuízo irreversível, uma vez que 2 milhões de pessoas circulam por dia no centro do Rio".O Presidente do Conselho de Varejo da ACRJ analisou que o prejuízo só não é maior porque os feriados aumentam amovimentação e o lucro dos shoppings centers.

Agencia Estado,

07 de abril de 2004 | 16h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.