Feridos por fogos em festas juninas são 256

O número de feridos por fogos de artifício nos festejos juninos na Bahia, entre o dia 13 e o meio-dia de ontem, chegou a 256. Apesar de alto, representa uma queda em relação a 2007, quando 375 pessoas foram internadas nos principais hospitais do Estado durante as comemorações. O destaque, mais uma vez, ficou com Cruz das Almas, onde ocorre a tradicional guerra de espadas (artefatos feitos com um pedaço de bambu recheado com pólvora e limalha de ferro). No período, foram atendidas nos hospitais da cidade 202 pessoas. Em 2007, o município registrou 305 feridos.

O Estadao de S.Paulo

26 de junho de 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.