Fernandinho Beira-Mar ficará preso em Alagoas

O traficante Fernandinho Beira-Mar ficará preso em Alagoas, informou hoje o secretário de Justiça de Alagoas, coronel Ronaldo Santos. Beira-Mar deverá chegar ao estado no final da tarde e ficará preso na superintendência da Polícia Federal. Ronaldo Santos ainda não sabe se o preso irá ficar sob a custódia do Estado ou se sob a guarda da Polícia Federal. O secretário participa de uma reunião esta tarde com o governador Ronaldo Lessa no Palácio Floriano Peixoto, sede do governo. Desta reunião participam também outras autoridades do setor de segurança pública. O superintendente da Polícia Federal, José Paulo Rubin Rodrigues, ainda não chegou para o evento. O governador deve dar maiores informações sobre a permanência de Beira-Mar em Alagoas no início da noite. A Polícia Federal até agora não confirma nem desmente a transferência do traficante para o Estado. A assessoria da PF disse que o superintendente Rubin só irá falar quando Beira-Mar estiver em solo alagoano. Veja o especial:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.