Fernão Dias continua interditada nos dois sentidos

A situação continua complicada na Rodovia Fernão Dias, que permanece interditada nos dois sentidos, na altura do quilômetro 58, região de Mairiporã, no interior de São Paulo. Ontem, por volta das 20 horas, uma carreta da empresa Utingás que carregava cerca de 19 toneladas de GLP (gás de cozinha) tombou naquele trecho. Segundo a Cetesb, o tanque teve uma fissura e 20% do produto vazou, mas não houve explosão. No início desta tarde, prossegue a retirada do gás da carreta acidentada para outros veículos. O trabalho é extremamente lento e cuidadoso, para evitar explosões, e deve estender-se até o fim da tarde.A previsão da Polícia Rodoviária Federal é de que a estrada só deverá ser liberada por volta das 18 horas. Agora, o congestionamento na área atinge seis quilômetros, tanto no sentido São Paulo-Belo Horizonte como na pista inversa. A opção para o motorista que se encontra na Fernão Dias com destino à capital paulista é entrar no quilômetro 37 e pegar a Rodovia Dom Pedro I. Para quem se dirige para o interior, a alternativa é viajar até o quilômetro 65, no Trevo de Mairiporã, e acessar a Estrada de Nazaré Paulista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.