AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Ferronorte descarta falha mecânica em acidente

O engenheiro José Fabiano Branco de Oliva, responsável técnico pela área operacional da Ferronorte, descartou, na noite desta quinta-feira, a ocorrência de falha técnica que justificasse o descarrilamento de 51 dos 55 vagões, na madrugada desta quarta-feira, quando estavam sendo transportadas 4 mil toneladas de soja da região do Alto Taquari, no Mato Grosso, para o Porto de Santos.De acordo com Oliva, essa foi a primeira análise feita pelos técnicos, a partir da abertura da caixa-preta, retirada dos destroços de uma das duas locomotivas que estavam sendo operadas pelo maquinista Ourismar José Vieira Gonçalves, que acabou morrendo no acidente.O engenheiro também rebateu as acusações do Sindicato dos Trabalhadores das Empresas Ferroviárias, de falta de manutenção nos equipamentos. "Essa acusação não procede, porque além da locomotiva nova, o trem vinha operando com uma máquina auxiliar, que foi totalmente modernizada pela GE, inclusive com a garantias do fabricante", afirmou.O engenheiro disse ainda que o resultado completo da perícia deve ser divulgado nos próximos dias pela empresa. A previsão da Ferronorte é que o tráfego ferroviário na Serra do Mar seja restabelecido dentro de cinco dias, depois que forem retirados os vagões e recompostos os trilhos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.