Festa de aniversário acaba com três mortes em BH

A Polícia de Minas Gerais investiga as causas de umtriplo homicídio ocorrido na madrugada deste sábado durante uma festa de aniversário no bairro Aarão Reis, zona norte de Belo Horizonte. Segundo informações da Polícia Militar, quatro homens encapuzados invadiram a casa onde ocorria a comemoração e dispararam vários tiros. Seis pessoas foram baleadas e três morreram. Jefferson Botelho da Silva e Bruno Rafael P. Brandão Terra, ambos de 25 anos, morreram no local. O irmão de Jefferson, Leandro Botelho da Silva, 22 anos, que comemorava seu aniversário, chegou a ser socorrido e encaminhado ao Hospital de Pronto Socorro João XXIII, na região central da cidade, mas não resistiu aos ferimentos.Vladimir de Oliveira Pereira, 24 anos, foi internado no mesmo hospitalem estado grave. À tarde, ele estava sendo submetido a uma cirurgia,segundo informou o HPS João XXIII. No pronto-socorro de Venda Nova, deram entrada Ana Carolina Alves Pereira, 24, e uma adolescente de 16 anos. Elas sofreram ferimentos naspernas e mãos, mas não corriam risco de morte.Os policiais militares apreenderam uma quantidade de droga ? nãoespecificada na ocorrência ? na residência, cuja proprietária foiidentificada como Siulene Alexandrina da Silva, de 26 anos. De acordo com a PM, ela foi levada para o Departamento de Investigações da Polícia Civil para prestar esclarecimentos. A suspeita dos policiais é que a chacina esteja relacionada ao tráficode drogas na região e à disputa entre grupos rivais. Até o início datarde, nenhum suspeito dos crimes havia sido preso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.